Trapaça

Mais uma vez, não vou seguir a ordem que vi os filmes indicados ao Oscar, mas é que pra falar de Ela eu tenho que estar em um dia inspirada para escrever, e como hoje não tô, vamos de Trapaça (American Hustle, no original).

AMERICAN-HUSTLE-poster-1024x768

Trapaça está indicado em 10 categorias: melhor atriz coadjuvante (Jennifer Lawrence), melhor atriz (Amy Adams), melhor ator coadjuvante (Bradley Cooper), melhor ator (Christian Bale), melhor diretor (David O. Russell), melhor roteiro original, melhor figurino, melhor montagem, melhor design de produção, e melhor filme. Com isso, é o filme com maior número de indicações no Oscar 2014. Na minha opinião, não merecia isso tudo.

Bradley Cooper, Jeremy Renner, Christian Bale e Jennifer Lawrence

Bradley Cooper, Jeremy Renner, Christian Bale e Jennifer Lawrence

Vou começar falando de algo bem pessoal mesmo: a minha opinião (não que nos outros filmes eu não tenha me baseado na minha opinião para escrever). Achei o filme bem chato. Antes do Globo de Ouro, eu não sabia que Trapaça estava sequer cotado para uma premiação grande dessas. Não achava que um filme com essa temática (um “enganador profissional”, vou falar a sinopse daqui a pouco), meio boba pra mim, poderia concorrer um Oscar porque eu não o via como um grande filme, um filme digno de Oscar (assim como não vejo Capitão Phillips assim e fiquei surpresa quando descobri que está concorrendo em algumas categorias). Porém, depois do Globo de Ouro, da vitória da maravilhosa Jennifer Lawrence (sim, sou puxa-saco dela) e de várias pessoas começarem a falar muito bem do filme pra mim, comecei a me interessar e a querer ver bastante o filme (não tanto quanto queria ver Ela ou quero ver Dallas Buyers Club, mas ainda assim fiquei com vontade de assistir). Portanto, quando entrei na sala de cinema, minha expectativa era grande, ainda mais por uma amiga ter dito no dia anterior que tinha sido o melhor filme pra ela até então, e eu confio muito no gosto cinéfilo dela. Mas, a medida que o tempo ia passando, eu só achava o filme mais chato, até a hora que foi difícil ficar sentada na cadeira esperando o final. Se eu estivesse sozinha, e não em um grupo de 6, provavelmente teria ido embora.

Christian Bale, Bradley Cooper e Amy Adams em uma das melhores cenas do filme

Christian Bale, Bradley Cooper e Amy Adams em uma das melhores cenas do filme

Não posso dizer que o filme é de todo ruim. Não é, e pode ser até que você goste do filme. Das pessoas que foram comigo, um gostou muito e 4 acharam o filme “legal” – eu fui a única que achei um porre mesmo.  E até eu consegui achar pontos positivos nele. Por exemplo, gostei muito dos cortes, do jeito que a câmera passeava pelas cenas, de algumas tomadas, gostei da montagem. Isso é algo que tem me surpreendido positivamente nos filmes: cada vez mais, os diretores, diretores de fotografia, etc, tem pensado em fazer filmes filmados de ângulos que não s comuns, com movimentos de câmera cada vez mais diferentes, e que não soam forçados e nem dificultam o entendimento do filme. Algo comum na Europa, mas nos EUA nem tanto (não nos filmes que ficam famosos ao grande público). Fico feliz por ver isso mudar.

Os personagens principais do filme

Os personagens principais do filme

As atuações estão boas também. Não digo grandiosas, nada de muito fantástico, até porque são atuações que não super exigem dos atores, mas são atuações boas. Com exceção, claro, de Jennifer Lawrence, que está, como eu já disse, fenomenal. Fica cada vez mais claro porque ela tem sido a queridinha de Hollywood, porque ela é realmente boa atriz. Antes de ver 12 Anos de Escravidão e achar que ninguém pode ganhar de Lupita Nyong’o, eu estava torcendo pra Jennifer, porque ela realmente arrasou no papel de esposa bipolar (que me fez lembrar uma pessoa bastante odiada por mim. hahahahaha).

Jennifer Lawrence linda roubando a cena, e eu nem ligo do namorado achar ela super gostosa

Jennifer Lawrence linda roubando a cena

Ah! Eu disse que ia falar a sinopse do Trapaça, né? Então, o filme conta a história de Irving Rosenfeld (Christian Bale barrigudo), cujo trabalho é, basicamente, enganar pessoas (não muito diferente de Leonardo DiCaprio em O Lobo de Wall Street) e se junta (ou melhor, ela se junta a ele) a Sidney Prosser (Amy Adams, com as rugas começando a aparecer) para sacanear ainda mais a vida de todos. Bradley Cooper entra na história como um policial do FBI que, junto com os outros dois (e utilizando as habilidades deles), tentará expor os grande políticos sujos do país (acho que precisamos deles aqui, né não?). Entre tudo isso, Irving ainda tem que lidar com a esposa problemática, interpretada pela Jennifer Lawrence. Esse final ficou parecendo um pouco Sessão da Tarde, não acharam? Hehehe

O diretor David O. Russell dando direções a Christian Bale e Jeremy Renner, um dos políticos e um dos meus personagens favoritos, se não o favorito do filme

O diretor David O. Russell dando direções a Christian Bale e Jeremy Renner, um dos políticos e um dos meus personagens favoritos, se não o favorito do filme

Enfim, essas foram minhas impressões sobre o filme. Mas queria lembrar que isso tudo tem a ver com gosto, então não deixem de ver o filme só porque eu disse que não gostei. Vai que você é igual aquele meu amigo e gosta muito do filme?

Ah! A trilha sonora do filme tambem e muito boa.

Beijos!

PS. Só pra dizer que acabei de ler que os apresentadores do Oscar serão Seth McFarlane e Elle Degeneres. Poderia ser melhor??????????? *saltinhos e socos no ar de felicidade*

Um comentário sobre “Trapaça

  1. Poxa eu gostei bastante de Trapaça… rs
    E a trilha sonora é mesmo muito boa!
    Mas então não fui só eu quem reparei nas rugas da ruiva, né? Kkk e a Jennifer Lawrence tava ótima, to virando fã dela também!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s