Gênios da música

Tem dois caras que eu adoro. Amo de paixão! São dois músicos que sinto que derramam a alma em suas composições e que nos fazem sentir como nenhum outro músico consegue. Claro que isso vai de pessoa pra pessoa e tem gente que sentir a mesma coisa com outros cantores, mas, no meu caso, sinto isso, essa sensação de extrapolamento de alma e identificação total com a música com Paulinho Moska e Zeca Baleiro. Gosto de pessoas que me fazem sentir intensamente, esses dois fazem isso.

Moska (à esq.) e Zeca (dir.).

Moska (à esq.) e Zeca (dir.).

Minha admiração por ambos começou na adolescência, quando conheci o trabalho dos dois. Minha paixão veio maior e mais arrebatadora por Zeca, e era tanta que eu dizia que queria casar com ele, mesmo sendo 19 anos mais nova e, bem, ele sendo ele e eu sendo eu (ou seja, ele sendo um cantor famoso e eu uma estudante adolescente). Imagina então o que senti quando fui num show super intimista dele e, no final, falei com ele! Ai, meu coração de menina!

Zeca tinha – e ainda tem – um jeito de fazer música que eu achava – e ainda acho – fantástico. Por ser do Maranhão, sempre teve contato com os ritmos tradicionais brasileiros, muito ouvidos no nordeste, como baião, frevo, forró, e o samba. Sua música é uma junção disso tudo, e ainda inserindo um pouco de rock pra melhorar ainda mais. Sempre achei muito diferente tudo que ele fazia, exatamente por essa mistura de ritmos brasileiros, usando também elementos de músicas lá de fora. Era algo que eu nunca tinha ouvido antes, não em pessoas da minha geração (a Tropicália fez uma mistureba só, mas eles tinham vindo antes de mim, não estavam ativos na minha época de adolescente, que é quando começamos a descobrir o que realmente gostamos). E aquilo me pegou de jeito. A música de Zeca me pegou de jeito. E me pegou mais ainda quando comecei a ir nos shows que ele fazia por aqui – e, graças a Deus, ele fazia bastante show por aqui na época. Eu ia sozinha, ia com amigas (na verdade, ia sempre com a mesma amiga, a Camila), não importava, eu só queria estar lá e sentir a emoção e a experiência de se ver Zeca ao vivo – que era totalmente diferente de ouvir os CDs, que viviam espalhados pelo chão do meu quarto (e uma das músicas que mais gostava de ver ao vivo era Heavy metal do senhor, do seu primeiro cd).

Zeca Baleiro me transformou como pessoa. Ele me mostrou que era possível inovar e fazer coisas loucas e diferentes, que não era preciso seguir um padrão e uma fórmula, como estava bem comum na época com as boybands e cantoras como Britney Spears e Christina Aguilera (que eu também adorava). Zeca me mostrou ritmos e letras e que a simplicidade também pode ser genial. E até hoje acredito não existir ninguém como Zeca por aí, apesar de não ouvir mais sua música como ouvia antigamente. Quer dizer, até semana passada, que deu um surto de vontade de ouvir Zeca e agora tô ouvindo quase todo dia de novo.

Uma das minhas músicas preferidas e uma fofa, depois de uma mais “heavy metal” (trocadilho!):

Paulinho Moska e eu num show que fui dele em Niterói, há muito tempo, vide minhas bochechas redondas. Preciso de uma foto com ele mais recente!

Paulinho Moska e eu num show que fui dele em Niterói, há muito tempo, vide minhas bochechas redondas. Preciso de uma foto com ele mais recente!

Já Moska, ah, o Moska… Meu amor por ele começou mais tarde, mas nunca, NUNCA, parou de crescer. Moska é aquele cantor que só de pensar meu coração derrete, e eu não ligo de estar sendo totalmente brega ao escrever isso. Mas Moska é o mais genial de todos. Sem comparação. É maravilhoso, fantástico, sensacional. Moska é tudo isso porque é completo. Ele é cantor, compositor, fotógrafo, artista, simpático (Zeca também é), e ainda tem um amor imenso pela Argentina como eu tenho! hahahaha

O show do Moska é um espetáculo a parte. Todos os que já fui (tive a sorte imensa de conseguir assistir mais de um show dele, e ainda vi um aqui do lado da minha casa, super intimista, super maravilhoso) tem algo especial, ele pensa em tudo. O último que fui, ele conseguia ligar de forma perfeita a música que estava cantando com a imagem, foto tirada por ele, que passava no telão que ficava atrás dele. Sensacional! Genial!

Eu não tenho palavras pra explicar o que Moska é pra mim. Ele é muso, é modelo, é um poço de sensibilidade, suas letras batem tão fundo na alma que só de procurar vídeos dele pra colocar nesse post eu já tô chorando loucamente porque é tudo tão maravilhoso, o que deixa muito difícil a tarefa de escolher uma música pra colocar aqui, porque parece que ao colocar uma, estou deixando de fora tantas tão maravilhosas… Enquanto no Zeca o que me fascina é o ritmo, em Moska são as letras. As letras são lindas, sensíveis, são poesias em forma de música que exprimem tudo, TUDO  que eu penso. Olha A seta e o alvo, gente, A seta e o alvo é objetivo de vida, é poesia, é respiração, é inspiração mais profunda, é tudo, tudo, tudo! E Lágrimas de diamante? E a versão dele de A idade do céu (ok que é uma tradução quase literal da música do Kevin Johansen, aliás, as parceiras dele também são divinas!)? É tudo tão, tão, tão profundo, intenso, tão… ah! Desculpa pela explosão de sentimento, mas é que estou ouvindo Paulinho nesse exato momento e é isso que ele me faz, sentir, ao máximo, ao extremo. E isso é maravilhoso. A arte não foi feita pra te mover?

É isso. Coloquei minha alma aqui nesse pedaço de tela. Espero que tenha dado pra entender o quanto esses dois homens são importantes na minha vida. O quanto eles são maravilhosos. E espero que tenha conseguido ter dado um pingo que seja de vontade em você pra ouvi-los. Por favor, ouça-os. Sua vida vai mudar.

Ah! E olha a preciosidade que achei aqui! Meus dois divos juntos!

_________♥_____________♡________

Pra saber um pouco mais sobre meu gosto musical, fiz uma tag exatamente com esse nome no meu canal! E aproveita pra se inscrever no meu canal e assistir vários vídeos diferentes e engraçados!

_________♥_____________♡________

Segue eu!

Facebook * Twitter * Instagram * YouTube

1535031_10202135446521247_1053149576_n

2 comentários sobre “Gênios da música

  1. Adoro Zeca Baleiro, amo as letras e melodias dele e é realmente tudo isso que você falou! Infelizmente nunca tive a chance de vê-lo ao vivo, mas vontade não falta!

    Já o outro moço eu não conheço, mas vou deixar pra ouvir quando estiver em casa (já que estou comentando do trabaalho haha) mas Zeca é muito amor né?

    Beijo!

    • Ale, sugiro que vc ouça primeiro o cd “Tudo novo de novo”, do Moska. Foi com esse cd que percebi que genialidade do cara. Mas tem uma música dele que você deve conhecer, porque foi até tema de minisserie da Globo: O último dia. Outras músicas dele tb fizeram parte de trilha sonora de novela, o que significa que tocaram bastante. Mas, tirando isso, ele não faz sucesso na grande mídia. Mas nada o que é realmente bom faz. E sim, Zeca é foda! Beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s