Obsessões

Queridos e queridas, não sei vocês, mas eu, volta e meio, fico obcecada com algumas coisas e só consigo ouvir/falar/pensar nessas coisas. Pois bem, hoje vou mostrar a vocês algumas das coisas que ando totalmente viciada nos últimos tempos. Me digam se vocês também gostam delas!

  1. Ed Sheeran

O garoto é inglês e é ruivo. Pronto, só por isso já é razão suficiente pra eu ter uma obsessão louca por ele – o que eu nem deveria ter porque ele é um pirralho de 24 anos. Mas, além disso, ele ainda faz músicas incríveis, não importa se são lentas ou mais agitadas, todas elas são sensacionais. E sim, eu só descobri ele agora porque antes eu não estava no clima de conhecer algo novo (isso acontece bastante quando ficamos velhos). Mas ainda bem que eu dei chance pra esse garoto fofo que canta para gatos e dança em seus clipes. Os clipes dele, aliás, são outras coisas fantásticas, porque todos eles são muito pensados e diferentes. A coreografia de Thinking out loud é linda demais e o clipe de Lego house, com Rupert Grint, preciso nem falar nada, né? Ed + Rupy = muito amor! Mas não é nenhum desses dois clipes que deixo aqui pra quem ainda não conhece Ed (existe alguém assim?), e sim o da música Don’t, uma das minhas preferidas do álbum X (que eu não consigo parar de ouvir) e que tem um clipe com um casal de dançarinos que, meu deus, me deixou boquiaberta!

 

2. O guia do mochileiro das galáxias

Pois é, parece que minhas obsessões andam um pouco desatualizadas, né? Afinal, esse é um livro (ou melhor, uma série de livros) de 1979 (quando o primeiro livro foi lançado) que tem uma legião imensa de fãs e tem até dia oficial para se comemorar sua existência (Towel Day, comemorado no dia 25 de maio). Porém, só fui ler o livro esse ano, e isso porque marido tinha ele no armário e não era um livro assim muito grande – e estou precisando de livros curtos pra conseguir terminar meu projeto de 30 livros em 1 ano. Se eu não tivesse casado com Raphael, um nerd com orgulho (e eu também tenho orgulho disso), acho que nunca teria lido esse livro. E eu não saberia, mas teria perdido uma das coisas mais fodas da vida! Vou falar mais sobre o livro por aqui, exatamente no projeto de 30 livros em 1 ano, mas posso dizer que viciei no tipo de humor de Douglas Adams (o autor do livro, que é inglês, e não tem como não amar o humor inglês) e quero devorar todos s livros da série, porque são sensacionais! Tô tão apaixonada que tô buscando várias informações sobre o livro, sobre o autor, sobre tudo, pra conhecer mais e mais sobre essa série fabulosa! Amei!

O-Guia-do-Mochileiro-das-Galáxias-Série

3. Meu celular novo

Ai gente, que coisa mais fútil, né? Mas é que depois de aturar um celular com a tela toda quebrada e que trava a cada coisa que você vai tentar fazer (até uma simples ligação) por quase um ano, não tinha como eu não ficar feliz com um celular novo. Ainda mais porque eu ganhei ele de mãe e pai, nem precisei gastar dinheiro (até porque não o tenho). E ele é a coisa mais linda do mundo pelo simples motivo de que ele funciona! E não trava! E é rápido! Mas o que mais gostei mesmo foi da resolução das fotos. A qualidade é ótima e eu, como fotógrafa frustrada, tô muito feliz em poder tirar fotos que não ficam embaçadas (porque, além de tudo, tinha entrado água no meu outro celular, e acabou embaçando a lente). Esse novo celular é da marca chinesa Mi, que é pouquíssima conhecida aqui no Brasil, está há pouco no mercado, e por isso mesmo acaba sendo mais barato para comprar. Mas a qualidade é tão boa quanto as outras marcas, até porque todos os aparelhos dessas outras marcas são feitos também na China, com tecnologia chinesa, então na verdade é a mesma coisa, porém como é uma marca menos conhecida, o preço é menor. Perfeito, né?

xiaomi-launches-redmi-2-smartphone-india

Redmi2, da marca chinesa Mi.

 

4. David Tennant e Louis Garrel no Brasil

Ha pouco tempo, descobri que esses dois atores que eu sou completamente apaixonada vem pro Brasil e eu estou totalmente obcecada em achar um jeito de vê-los por aqui! Pra quem não sabe quem são, David Tennant é somente o melhor Doctor que a série Doctor Who já viu, e Louis Garrel é um ator francês que, além de ótimo ator, é lindo e sensual demais!

collagedl

Louis Garrel (esq.) e David Tennant (dir.) como o vilão da série.

Louis virá ao Brasil para divulgar seu primeiro filme como diretor, Dois amigos, e irá primeiro à São Paulo e depois virá ao Rio para a pré-estreia do filme que, se tudo der certo, estarei presente. Já David virá a Comic Con Experience divulgar a série Jessica Jones, onde interpreta o Homem-Púrpura (ou Mr. Purple). Só que a Comic Con será em São Paulo (como todas as coisas realmente legais), e eu moro no Rio! Então estou desesperada tentando descobrir um jeito de vê-lo, de ir até lá, qualquer coisa! O que eu já sei com antecedência que vai ser bem difícil. Bem que o David podia vir ao Rio depois, né? Para a alegria de todos os fãs cariocas de Doctor Who!

E vocês? Qual as obsessões de vocês no momento? Me contem nos comentários! E me digam também se, assim como eu, você ficou nervoso por essa lista ter só 4 itens, e não 5! hahahahaha

Muah!

_________♥_____________♡________

Segue eu!

Facebook * Twitter * Instagram * YouTube

Meus livros!

Queria Tanto (primeiro livro, publicado em 2011)

Coisas não ditas (segundo livro, publicado em 2013)

1535031_10202135446521247_1053149576_n1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s